Blogues JN Redes
 

As nossas escolhas

Obras em

Destaque

Novo livro de Germano Silva apresentado no Porto

30

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 15:15
Tags:
0 comentários

 


A última sessão de 2016 do Porto de Encontro acontece já neste sábado, dia 3, às 17.30 horas, e tem Germano Silva como protagonista.

No auditório da Biblioteca Almeida Garrett, o jornalista e historiador, recentemente distinguido pela Universidade do Porto com o título de Doutor Honoris Causa, vai partilhar com os presentes algumas das múltiplas histórias acumuladas ao longo dos anos sobre o Porto.


Na ocasião, vai ser lançado o livro Porto revisitado, uma seleção de crónicas do autor feitas por figuras da cidade. A obra inclui ainda três crónicas inéditas.

O Rancho Folclórico do Porto e o jornalista Pedro Olavo Simões são os outros intervenientes da sessão,


O Porto de Encontro é um ciclo de conversas com escritores promovido pela Porto Editora desde Novembro de 2001 que visa a a proximação entre os autores e o público.

 

As 50 sessões já realizadas atraíram mais de 15 mil espectadores em diversos espaços da cidade, como a Casa da Música, o Teatro Rivoli, a Casa das Artes ou o Teatro Nacional São João.

Inédito de W. G. Sebald já chegou às livrarias

25

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 23:22
Tags:
0 comentários

 

 

 

A descrição da infelicidade, um livro do escritor alemão W.G. Sebald inédito em Portugal, chegou às livrarias portuguesas pela Quetzal Editores.
 
Publicado há 31 anos pela primeira vez na sua língua de origem, o livro consiste numa análise do ambiente psicológico que antecede e condiciona a escrita austríaca protagonizada por grandes nomes - como Stifter, Schnitzler, Kafka, Hofmannsthal, Canetti, Bernhard e Handke - e da ponte que a literatura estabelece entre a infelicidade e o consolo.
 
«A melancolia, a reflexão sobre a infelicidade consumada, nada tem a ver com o vulgar desejo de morte. É uma forma de resistência. E, sobretudo ao nível da arte, a sua função, está longe de ser meramente reativa ou reacionária. Quando ela, de olhar fixo, pensa uma vez mais no que nos arrastou até aqui, bem se vê que o impulso que leva ao desespero e o que leva ao conhecimento são agentes idênticos. A descrição da infelicidade traz em si a possibilidade de a superar”, escreve o autor.

Autor de livros incontornáveis como Austerlitz ou Os Anéis de Saturno, Sebald, falecido em 2001, tem vindo a influenciar novas gerações de escritores, como Teju Cole ou Zia Haider Rahman. Susan Sontag destacou a força invulgar da linguagem de Sebald, a sua seriedade festiva, a sua maleabilidade, a sua precisão”.
 

Porto recebe no domingo homenagem a Ruy Belo

20

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 16:13
Tags:
0 comentários

 



Com a participação de Teresa Belo, Luís Miguel Cintra, Fernando Pinto do Amaral e Fernando Centeio, o poeta Ruy Belo vai ser alvo de uma homenagem na próxima edição do Porto de Encontro. A sessão realiza-se no próximo domingo, dia 27, às 17 horas, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett, no Porto, e tem entrada livre.



Além da leitura de poemas do autor e da conversa moderada pelo jornalista Sérgio Almeida, a sessão conta com dois aliciantes adicionais: o lançamento da nova edição do livro Boca bilingue, publicado originalmente há meio século, e a projeção de um excerto do documentário Ruy Belo, era uma vez.



Prematuramente falecido em 1978, com apenas 45 anos, Ruy Belo é um dos autores nucleares do século XX português. Poeta e ensaísta, deixou-nos uma dezena de obras, entre as quais títulos incontornáveis como A margem da alegria, País possível e O problema da habitação.



A sessão do próximo domingo assinala ainda os cinco anos e a 50ª sessão do Porto de Encontro, um ciclo de conversas com escritores que ao longo desse período recebeu perto de 16 mil espectadores. Entre os autores que já passaram pelo Porto de Encontro figuram Luis Sepúlveda, Mia Couto, Mário de Carvalho, Rentes de Carvalho e Ana Luísa Amaral.

“O Código Da Vinci” em versão juvenil

18

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 18:42
Tags:
0 comentários

 

 

Uma nova edição de O código Da Vinci, com adaptação do próprio Dan Brown, já está disponível nas livrarias portuguesas.

A edição, que tem como objetivo chegar a uma nova geração de leitores, apresenta uma capa adaptada ao público jovem e uma vintena de imagens coloridas que mostram os locais e as obras de arte mais marcantes da narrativa do autor norte-americano.

A intervenção de Dan Brown pretendeU tornar mais acessível a obra que o consagrou junto de uma faixa de público. As alterações passaram ainda por uma maior interatividade com os leitores, que ao longo do livro vão sendo instados a desvendar os enigmas colocados.

O lançamento comprova a importância crescente do segmento young adult, um dos nichos que apresenta um ritmo de crescimento mais elevado.

Publicado originalmente em 2003, O Código Da Vinci é um dos romances mais bem sucedidos comercialmente de todos os tempos. O livro vendeu 82 milhões de exemplares, sendo que mais de meio milhão se reportam ao mercado português.

A adaptação cinematográfica do livro, protagonizada por Tom Hanks, repetiu as pisadas de sucesso, ao obter receitas avaliadas em 800 milhões de dólares.

Vem aí uma edição de luxo da "Tabacaria"

11

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 19:51
Tags:
0 comentários

 

 

 

 

Um dos mais célebres poemas de Fernando Pessoa, escrito sob o heterónimo de Álvaro de Campos, Tabacaria chega às livrarias portuguesas numa ambiciosa edição da Guerra & Paz

 
A obra é constituída por um caixa de madeira no interior da qual encontramos um livro de 176 páginas que combina poesia, prosa e fotografia.

Do objeto faz parte uma pasta em couché, em cujo interior estão 25 fotografias da autoria de Pedro Norton. As três faces do miolo do livro são pintadas à mão, a azul ciano e a lombada, também pintada no mesmo azul, apresenta a costura à vista.

Outra das especificidades é o facto de se tratar de uma edição multilingue. São cinco os idiomas presentes: português, inglês, castelhano, francês e italiano.

Segundo a Guerra & Paz, a tiragem é reduzida a 1500 exemplares e não contempla a possibilidade de reedição, já que se trata de um projeto editorial direcionado para os colecionadores.

O preço de venda ao público cifra-se em 70 euros, mas até ao próximo dia 20 decorre um período de pré-venda com condições especiais (desconto de 30%, num total 49 euros, e oferta de portes de envio).

Escrito em 15 de Janeiro de 1928, Tabacaria foi originalmente publicado na revista Presença, em julho de 1933, e é considerado um dos poemas mais significativos do século XX.

2017 vai ser o "ano Bolaño"

04

Novembro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 16:50
Tags:
0 comentários

 

 

Dois mil e dezassete promete ser “o ano Bolaño”. A Quetzal, editora que publica em Portugal os livros do autor chileno, anunciou a publicação de três livros inéditos em Portugal.

Em abril, será publicado O espírito da ficção científica que será brevemente apresentado na Feira do Livro de Guadalajara, no México. Para o segundo semestre estão previstos outros dois livros.

O primeiro intitula-se Pátria e reúne três novelas (além da que dá o título ao livro, "Sepulcros de vaqueros e “La comedia de horror de Francia, no original).

No final do próximo ano vai ser publicada a primeira edição em Portugal de *** assassinas, volume que reúne narrativas centrais na obra deste autor.

O “ano Bolaño” termina com a reedição de Detetives selvagens e uma edição especial de 2666. Este romance foi eleito o melhor livro de língua espanhola dos últimos 25 anos.

A lista, publicada pelo suplemento literário do jornal “El País”, “Babelia”, foi da responsabilidade de um júri que reuniu críticos, escritores e livreiros. Em terceiro lugar ficou ainda outro livro do escritor chileno, “Detetives selvagens”. 

Richard Zimler apresenta novo livro no Porto

26

Outubro

2016

Publicado por Sergio_Almeida às 16:14
Tags:
0 comentários


 

Richard Zimler é o autor em destaque na 49ª sessão do Porto de Encontro, que se realiza já neste sábado, dia 29, às 17 horas, no auditório da Biblioteca Almeida Garrett, no Porto.



O Evangelho segundo Lázaro, o novo romance do autor de Os anagramas de Varsóvia”, vai ser apresentado durante a sessão, em que também participam Valter Hugo Mãe (leituras) e Hélder Pacheco.

 A viver em Portugal desde o início da década de 90, Richard Zimler é autor de uma dezena de romances, incluindo O último cabalista de Lisboa, A sentinela ou A sétima porta. Tem também vários livros publicados para a infância, dos quais o mais recente é O cão que comia chuva.

O Porto de Encontro é um ciclo de conversas com escritores promovido pela Porto Editora que, desde Novembro de 2011, já recebeu a presença de grandes nomes da literatura como Luis Sepúlveda, Gonçalo M. Tavares, Mário de Carvalho, Lídia Jorge ou Mia Couto.



Realizadas em locais emblemáticos do Porto, como o Teatro Nacional São João, Teatro Rivoli, Casa da Música ou Teatro do Campo Alegre, as sessões já realizadas atraíram um total de 15 mil espectadores.
 


publicidade

Arquivo do blogue

Fale com o autor

Sérgio Almeida: sergio@jn.pt