Blogues JN Redes
 

As nossas escolhas

Obras em

Destaque

Os afectos e os amuos de um cronista

26

Abril

2011

Publicado por Sergio_Almeida às 13:56
0 comentários

Sérgio Almeida 

 Habituados que estamos ao  tom ardiloso e politicamente correcto de muitos cronistas encartados, peritos na difícil arte de ocultar o que lhes vai na alma, estranhamos sempre, enquanto leitores, quando surge uma voz que, em vez de promover consensos, retira evidente deleite no contrário. Ou seja, na promoção de querelas e discussões que têm o condão de sacudir da letargia mesmo o mais sisudo dos seres.

É vasta a lista de “ódios de estimação” cultivados pelo autor de O Citröen que escrevia novelas mexicanas: André Sardet, os anos 80, o Benfica, os vegetarianos e até os cães, que, numa das suas mais controversas crónicas, apelidou como "um bicho completamente estúpido, que cheira mal, ladra alto e nos rouba duas horas por dia por causa do cocó".

 

Se é nas crónicas de índole provocatório que Joel Neto obtém um feed-back superior, com o hate mail correspondente, os escritos dominados pelos afectos estão longe do desinteresse, revelando uma faceta mais sensível e poética do jornalista.

 

Selecção das crónicas que Joel Neto publica há vários anos na revista Notícias Sábado, publicada semanalmente com o Jornal de Notícias, Banda sonora para um regresso a casa está dividido em quatro capítulos, cada qual com as respectivas diferenças de andamento e ritmo, como se de um disco se tratasse. 

 

TÍTULO: Banda sonora para um regresso a casa

AUTOR: Joel Neto

EDITOR: Porto Editora

PREÇO: 13.50 euros

Comentar artigo

publicidade

Arquivo do blogue

Fale com o autor

Sérgio Almeida: sergio@jn.pt