Resultados por tag: animais

Ordem dos veterinários dá formação a 41 autarquias sobre cães e gatos

06/06

2013

às 14:44

Há 41 câmaras municipais portuguesas que vão receber este mês formação sobre controlo de populações de animais errantes e promoção do bem-estar de cães e gatos no âmbito de um curso lecionado pela Ordem dos Médicos Veterinários.   O curso, gratuito, de 'Etologia Aplicada e Bem-Estar Animal de Cães e Gatos' arranca dias 11 e 12 na Amadora, segue nos dias 13 e 14 para Coimbra, dias 17 e 18 para o Funchal, 20 e 21 em Gondomar e termina dias 25 e 26 em Ponta Delgada.  Entre as câmaras envolvidas contam-se as da Amadora, Albufeira, Cascais, Lisboa, Loures, Moita, Nisa, Odivelas, Oeiras, Silves, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Torres Novas, Coimbra, Cantanhede, Carregal do Sal, Condeixa-a-Nova, Figueira da Foz, Fundão, Guarda, Mêda, Lousã, Mação, Marinha Grande, Penacova, Proença-a-Nova, S. João da Madeira, Soure, Tábua, Vagos.  Na Zona de Gondomar vão participar as Câmaras de Amares, Gaia, Guimarães, Gondomar, Mondim de Basto, Matosinhos, Póvoa do Varzim, Santa Maria da Feira, Torre de Moncorvo, Valongo, Vila Real.   "Aprofundar conhecimentos sobre comportamento e o maneio adequado de cães e gatos, aprender a avaliar o bem-estar dos animais nos Centros de Recolha Oficiais, fomentar a discussão sobre ética e controlo de populações de animais errantes e promover a responsabilização da posse de animais, são objetivos do curso disse à Lusa fonte da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV).   Segundo Alexandra Simões, da OMV, o curso vai ser dado por três formadores internacionais - dois médicos veterinários do Brasil e um da Colômbia - e um tratador também do Brasil.  O curso conta com o apoio da Associação Nacional de Médicos Veterinários dos Municípios e dos Conselhos Regionais da OMV e nele vão participar 41 câmaras espalhadas por Portugal Continental e Ilhas, e destina-se, principalmente, a tratadores ou outros profissionais que lidam direta ou indiretamente na recolha e maneio de cães e gatos, bem como a médicos veterinários municipais. 

0 comentários

Milhares protestam em Paris contra a utilização de animais em laboratórios

23/04

2011

às 16:56

 

Perto de um milhar de pessoas, a maioria militantes de associação anti-vivissecção vindos de França, Bélgica, Suíça e Itália, são hoje esperados em Paris para protestar contra a utilização de animais em experiências científicas, segundo a France Press. Respondendo a um apelo lançado pelas Campanha Internacionais, um conjunto de associações criado em 2003, em França, os manifestantes concentrara-se junto ao Hotel de Ville, por ocasião da “jornada mundial dos animais de laboratório”, cujo dia se assinala amanhã. Estão também previstas manifestações na Grã-Bretanha, referiu Cristophe Marie, da Fundação Brigitte Bardot.



“Párem a tortura”, “Vivissecção? Abolição!”, “Nos laboratórios de vivisecção da Europa, um animal morre a cada três segundos”: as associações, entre as quais a Fundação Brigitte Bardot, Antídoto Europa, Gaia, Animais em Perigo (Bélgica), Equivita (Itália) acolheram um “ciclista militante” que terminou, em Paris, por ocasião desta “marcha europeia”, um Tour de France para sensibilizar a opinião pública.



Vários caixões, com os nomes de animais “utilizados e sacrificados” para testar produtos, nomeadamente cosméticos – 12 milhões na Europa, quase um bilião em todo o mundo, segundo os organizadores – foram instalados nos locais onde os porta-vozes vão discursar. As organizações denunciam, segundo M. Marie, o “carácter regressivo” da regulamentação desta prática na Europa, a “falta de vontade política para desenvolver métodos alternativos” contra o lóbi pró-vivisecção e pediu a sua abolição “simples”.



Os manifestantes devem seguir em marche rumo à casa de Victor Hugo, o primeiro presidente da liga francesa anti-vivisecção, em 1883, de acordo com um dos organizadores. Aí, cumprirão um minuto de silêncio em homenagem aos animais mortos em laboratório.

Tags: ,
0 comentários

Feliz Natal!

24/12

2010

às 10:30

Os Bichos desejam a todos os seus amigos um Natal muito feliz!

 

Tags: ,
0 comentários

Natalie Imbruglia apoia campanha da PETA contra uso de peles de animais

25/10

2010

às 19:07

  Foto: PETA

A cantora Natalie Imbruglia é a protagonista do mais recente video contra o uso de peles lançado pela ONG PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) para coincidir com o London Fashion Week, divulga a ANDA – Agência de Notícias de Direitos dos Animais. “Não existe uma maneira gentil de arrancar as peles dos animais”, diz Imbruglia, no filme. Na narração, a cantora diz: “Qualquer um que use peles de animais também é culpado pela tortura e mortes horríveis de milhões de animais por ano.”



Apesar de no Reino Unido ser proibida a matança de animais para obter as suas pelas, é permitida a sua importação. Na China – o maior exportador mundial de peles –, milhões de cães e de gatos são mortos todos os anos para alimentar o comércio internacional de peles. A pele é frequentemente tratada noutros países, tornando-se impossível dizer de onde veio e a que espécie pertence.



Ainda segundo a ANDA, na China, os animais são muitas vezes esfolados vivos. Mas não se pense que na Europa a situação é muito diferente. Aqui, os animais são forçados a viver gaiolas imundas e superlotadas, antes de serem gaeados, mortos com choques eléctricos ou com o pescoço partido. “Salvar os animais é tão simples como escolher alternativas sintéticas, ao invés de peles reais”, diz Natalie Imbruglia no vídeo. Esta não é a primeira vez que a cantora apoia a PETA nas suas campanhas a favor dos direitos dos animais.

Mais de 90% dos britânicos, bem como muitas das celebridades, incluindo Eva Mendes, Kate Winslet, Kelly Osbourne, Charlize Theron e Natalie Portman, aboliram o uso de peles de animais. Muitos estilistas, como Vivienne Westwood, Calvin Klein, Ralph Lauren e Stella McCartney, eliminaram a pele dos seus projectos de moda. O mesmo acontece com grandes cadeias de roupa, como a Harvey Nichols, House of Fraser e Selfridges, que seguem políticas de não utilização de pele nos produtos comercializados.

Odivelas vai ter Centro de Recolha Animal

15/10

2010

às 10:02

 

 

O encaminhamento dos cães abandonados era um problema antigo em Odivelas. Na ausência de um canil no concelho, os serviços municipais levavam os animais para Cascais, numa primeira fase, ou para Oeiras e Amadora, posteriormente. Segundo a presidente da Câmara de Odivelas, Susana Amador, o Centro Oficial de Recolha Animal do Concelho de Odivelas (CORACO), que será inaugurado na próxima semana, faz com que o município se torne independente nesta área, com ganhos logísticos e financeiros.

 

 

O centro, que custou cerca de 230 mil euros, foi construído numa lógica de reutilização de materiais e de contenção de custos. Assim, a autarquia aproveitou uma vedação proveniente de outro equipamento e contentores vindos do parque municipal de emergência. Segundo Susana Amador, o CORACO  “também tem a vertente de occisão (abate) de animais, mas dá a prioridade à recolha e adopção”.

 

 

Na mesma linha, o município lançou recentemente uma campanha para a criação de famílias de acolhimento temporário para animais abandonados. “Estas famílias têm de passar por um período de avaliação e só podem ficar definitivamente com o animal se passarem no teste”, explicou a presidente da Câmara de Odivelas, adiantando que a autarquia tem recebido, nos últimos dias, várias inscrições de munícipes interessados em participar no projecto.

 

 

A presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais, Maria do Céu Sampaio, presente na inauguração, elogiou o equipamento e lembrou que “só deve ter animais quem dispõe de condições para os ter".

 

 

 

Texto e fotos: Luís Garcia

0 comentários

Açores já tem Centro de Recuperação de Animais Selvagens

14/10

2010

às 16:41

O Centro de Recuperação de Aves Selvagens hoje inaugurado no Corvo, Açores, é uma estrutura pioneira no arquipélago que demonstra a "enorme importância" que as autoridades regionais atribuem à preservação das espécies, disse o presidente do governo regional. No mesmo local onde, há mais de duas décadas, emitia a estação pirata Rádio Televisão do Corvo, funciona agora este centro dedicado à recuperação de aves selvagens, instalado numa ilha que é considerada um local privilegiado para observar aves marinhas.

 

"Esta estrutura pioneira tem uma enorme importância para o sinal que queremos dar em relação ao respeito e interesse que as espécies biológicas dos Açores nos merecem e ao conhecimento que disso queremos que as pessoas tenham no exterior", afirmou Carlos César, presidente do executivo regional, citado pela agência Lusa. Nesse sentido, anunciou para breve a edição da "primeira lista abrangente das espécies dos Açores", com milhares de espécies que demonstram a "riqueza" do arquipélago.

 

 "Para valorizar o ambiente, é necessário dá-lo a conhecer", defendeu, destacando o projeto Sentir e Interpretar o Ambiente dos Açores Através de Recursos Auxiliares de Multimédia (SIARAM), disponível na Internet, que permite encontrar fotografias, vídeos, sons e depoimentos de especialistas sobre as características ambientais do arquipélago.

 

Carlos César recordou que os Açores são um dos 10 melhores destinos mundiais para observação de cetáceos, mas também o sucesso do projecto que permitiu retirar o priolo (pequena ave que apenas existe no nordeste de S. Miguel) da lista de espécies criticamente ameaçadas de extinção como exemplos que demonstram a importância do ambiente e da preservação das espécies na política regional. Para o presidente do executivo açoriano, esta é uma aposta que pode resultar num aumento das receitas baseadas no turismo da natureza, um dos principais motivos de atração dos Açores.

 

Em declarações à Lusa, o secretário regional do Ambiente, Álamo Meneses, salientou que o centro hoje inaugurado, além de permitir o tratamento das aves, serve também como local de "transição entre o cativeiro e a liberdade". Segundo Álamo Meneses, chegam anualmente ao Corvo e às Flores, as duas ilhas do Grupo Ocidental dos Açores, "milhares de aves, das quais algumas dezenas necessitam de apoio".

 

O primeiro ocupante do Centro de Recuperação de Aves Selvagens é um milhafre, que vivia em cativeiro no Faial e está agora a ser preparado para regressar à liberdade.

0 comentários

Monte Selvagem oferece entradas gratuitas aos amigos do Facebook

07/10

2010

às 17:48

                

Durante o corrente mês, os amigos do Monte Selvagem, da rede social Facebook, poderão visitar o parque natural de Montemor-o-Novo sem custo de entrada.Para ter acesso ao convite, basta ser-se Amigo na página do Monte Selvagem, na aplicação virtual, e esperar pela mensagem que permitirá conhecer de perto os mais de 400 animais de 75 espécies, bem como participar nas inúmeras actividades disponibilizadas aos visitantes. O convite, que deve ser impresso para apresentar à entrada do parque, é válido apenas para os “amigos” e não para os acompanhantes.

 

O Monte Selvagem pretende com esta inicitiva agradecer aos utilizadores do Facebook o carinho demonstrado, por esta via, numa partilha de interesses comuns. Por este meio, o parque dá-se a conhecer aos convidados, de forma gratuita, alertando-os para o seu papel vital no respeito e valorização do ambiente. Localizado num montado típico alentejano de sobreiros e azinheiras, o Monte Selvagem oferece aos visitantes a possibilidade de realizar percursos pedestres e passeios de tractor. Para as crianças, há ainda uma quintinha, baloiços e balancés, casas construídas nas árvores, um trampolim gigante, ateliês selvagens e uma exposição com peças criadas a partir de desperdícios de reparação automóvel – “Sucat’Art Selvagem”, patente até 31 de Outubro.

0 comentários

Campanha "Animais de Rua" no MAR Shopping

06/10

2010

às 18:00

 

Até domingo, pode ainda visitar no MAR Shopping, em Matosinhos, a exposição fotográfica “Vida de Cão”, da autoria de Joaquim Pedro Correia, que pretende sensibilizar o público para um maior respeito pelos animais. As receitas angariadas pela venda das fotografias (cada uma custa 100 euros) revertem na totalidade para o programa de esterilização da associação “Animais de Rua”, organização sem fins lucrativos que se dedica à protecção de animais errantes. Através do programa CED (Capturar – Esterilizar – Devolver), a associação ajudou já mais de 4300 animais em todo o país, garantindo-lhes, desta forma, acesso a cuidados de saúde básicos e, consequentemente, melhores condições de vida.



Esta exposição insere-se numa acção de apoio do MAR Shopping à causa dos direitos dos animais, levada a cabo desde o início deste ano, através da doação das moedas depositadas na fonte do centro, junto à entrada principal. Só nos primeiros cinco meses de 2010 foram recolhidos mais de mil euros, que foram entregues à associação “Animais de Rua”. No domingo, os voluntários desta organização estarão no centro comercial a recolher donativos.

0 comentários

Campanha de recolha de alimentos para animais em Coimbra

18/09

2010

às 15:00

A associação AGIR pelos Animais promove, no dia 2 de Outubro, uma campanha de recolha de alimentos e outros produtos necessários ao bem-estar dos cerca de 150 cães e gatos abandonados que tem ao seu cuidado. Esta acção vai decorrer todo o dia nos hipermercado Jumbos, do Dolce Vita Coimbra, e Continente, no Coimbra Shopping e visa assinalar o Dia Mundial do Animal, celebrado a 4 de Outubro.

 

Entre os produtos que mais faltam fazem contam-se a ração (especialmente para cães adultos e gatos bebés), açaimes para cão, desparasitantes internos e externos, detergentes desinfectactes/lixívia, mantas, casotas, transportadoras e areia para gatos. A AGIR procura voluntários que queiram ajudar nesta campanha, que podem contactar a associação através do e-mail agirpelosanimais@gmail.com ou pelos seguintes números de telemóvel: 91 054 18 61 ou 96 545 06 26.

RIAS reforça campanha de apadrinhamento de animais selvagens

11/09

2010

às 22:26

           

Desde o início de Setembro, o RIAS (Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens – Ria Formosa) recebeu cerca de 125 animais de diferentes espécies, todos eles gravemente debilitados. Apesar de ainda não ter sido possível identificar as causas deste fenómeno, está a ser instituído tratamento de suporte, que permitirá aos técnicos ter uma taxa de sucesso de cerca de 50%. Este tratamento requer um grande esforço, quer a nível de mão-de-obra, quer económico. Apesar do enorme empenho da equipa e dos vários voluntários que têm ajudado, o RIAS necessita da ajuda de todos.  Ao apadrinhar um animal terá a possibilidade de assistir à sua devolução à natureza (se tal for possível no final do processo de recuperação) e receberá um certificado de apadrinhamento. Poderá também solicitar informações e fotos do animal apadrinhado. O seu contacto será inserido na lista de divulgação do RIAS para que possa receber informações sobre as próximas actividades em que poderá participar, tornando-se, desta forma, um membro activo na dinamização da recuperação de animais selvagens em Portugal. 

Saiba mais em informações em rias-aldeia.blogspot.com ou contacte-nos para o e-mail rias.aldeia@gmail.com ou telefone 927659313 (RIAS). 

           

0 comentários

Vertebrados terrestres ameaçados são tema de conferência na Universidade de Évora

03/09

2010

às 11:23

               

“Conservação de Vertebrados Terrestres Ameaçados em Portugal: situação actual e perspectivas” é o tema de uma conferência que irá ter lugar no dia 24 de Setembro na Universidade de Évora e que contará com a presença de técnicos e representantes de entidades-chave para a defesa da biodiversidade no país, bem como uma representante do IREC – Instituto de Investigatiónen Recursos Cinegéticos de Espanha. Os interessados devem inscrever-se até ao dia 10 de Setembro, preenchendo e enviando uma ficha de inscrição disponível no site da Naturlink (canal ambiental do portal Sapo). Além de documentação diversa, os inscritos irão receber um exemplar do livro “A Águia de Bonelli no Sul de Portugal”, da autoria de Luís Palma e editado pela CEAI – Centro de Estudos da Avifauna Ibérica.  Durante a conferência, serão apresentados os resultados de diversos projectos e linhas de trabalho relativos à ecologia, monitorização e conservação destes animais, discutindo as principais ameaças a que têm sido sujeitos e como as enfrentar.  O programa da conferência é o seguinte:

08h30 - Recepção dos Participantes
 
10h00 - Sessão de Abertura
 
10h15 - "Business & Biodiversity: conservar partilhando responsabilidades"
Tito Rosa, ICNB – Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade
 
10h40 - "Conservação da Herpetofauna em Portugal: Situação Actual e Perspectivas"
José Teixeira, CIBIO - Universidade do Porto

11h05 - "O que vale um rato? Conservação de Microtus cabrerae em paisagens agrícolas Mediterrânicas"
António Mira e Ricardo Pita, UBC e ICAAM - Universidade de Évora, e Pedro Beja, CIBIO - Universidade do Porto
 
11h30 - Pausa para café

11h50 - "Conservação do Priôlo na ilha de S. Miguel: uma história de sucesso?"
Jaime Albino Ramos, Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves  e IMAR - Universidade de Coimbra

12h15 - "Enfermedades en el contexto de la fauna amenazada: de la regulación a la extinción"
Ursula Hofle, IREC – Instituto de Investigación en Recursos Cinegéticos

13h00 - Almoço livre
 
15h00 - "Conservação do Francelho na região de Évora"
Ana Rita Sanches, LPN Alentejo – Liga para a Protecção da Natureza, e Natália Melo, CEAI – Centro de Estudos da Avifauna Ibérica

15h25 - "Conservação Participativa: o exemplo da Águia de Bonelli no Sul de Portugal"
Luís Palma, CEAI - Centro de Estudos da Avifauna Ibérica
 
15h50 - "Situação actual do Coelho-bravo em Portugal: implicações para a conservação e gestão das suas populaçoes"
Paulo Célio Alves, CIBIO - Universidade do Porto, Catarina Ferreira, CIBIO - Universidade do Porto e IREC – Instituto de Investigación en Recursos Cinegéticos
 
16h15 - Pausa para café
 
16h35 - "O futuro do Lince em Portugal - Plano de Acção para a conservação do Lince-ibérico"
Lurdes Carvalho, ICNB – Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade
 
17h00 - "O Lobo em Portugal: novos desafios na investigação e conservação de um carnívoro ameaçado
Francisco Álvares, CIBIO - Universidade do Porto, Helena Rio-Maior, VERANDA - Associação para a Conservação e Divulgação do Património de Montanha, e Raquel Godinho, CIBIO - Universidade do Porto

17h25 - Conclusões e encerramento dos trabalhos

0 comentários

Polícia britânica divulga apreensões "mais bizarras" feitas nos aeroportos

02/09

2010

às 18:00

A descoberta, no mês passado, e uma mala cheia de pombos mortos, alguns dos quais depenados, no aeroporto londrino de Gatwick, foi um dos achados mais bizarros feitos pelos agentes da Autoridade de Controlo de Fronteiras, anunciou hoje a instituição em comunicado, em jeito de balanço de um mês de campanha contra o tráfico ilegal de animais. O facto de algumas das aves não possuirem penas indicia que estas poderiam ter como destino restaurantes no Reino Unido. “Não é possível esclarecer esta situação, uma vez que ninguém reclamou a bagagem. Nem ninguém explicou por que é que na mala também existia um par de botas usadas”, avança o mesmo comunicado, citado pela AFP.



O mesmo organismo adianta que este foi apenas um dos “mais bizarros” casos com que os agentes se depararam de tentativa de importação ilegal de animais, mortos ou vivo, para o Reino Unido, tendo elaborado um top-10. Desta listagem fazem ainda parte uma jibóia descoberta enrolada na perna de uma mulher, que estava de passagem no aeroporto de Heathrow, e que alegou que se tratava do seu animal de estimação.



Há ainda o caso de uma pele de cão doméstico de grande porte que tinha sido pintada para ficar com a aparência da de um tigre e, assim, iludir as autoridades, e o de um homem que viajava com 40 ovos de papagaio, de espécies raras e ameaçadas de extinção, escondidos num colete vestido por baixo da camisa.

0 comentários

Campanha de adopção de cães em Ponte de Lima

01/09

2010

às 18:08

No próximo sábado, o Canil Intermunicipal da Valimar realiza mais uma campanha de adopção de cães abandonados. A acção decorre nas instalações do canil, na lugar da Deveseiras, freguesia de Fornelos, município de Ponte de Lima, entre as 10 e as 13 horas.


O Canil está aberto diariamente para doação de animais de estimação, capturados na via pública e não reclamados. Nos dias úteis, entre 10 e as 12 horas e entre 14 às 16 horas. Aos fins-de-semana, das 10 às 12 horas. Podem ser observados todos os animais e serem efectuadas reservas a curto prazo, permitindo a adopção fora dos dias de feiras.


O Calendário das Feiras, a galeria de fotos dos animais disponíveis para adopção, bem como outras informações adicionais podem ser consultadas neste site.

0 comentários

Paul McCartney critica utilização de animais em testes de irradiação da NASA

27/08

2010

às 11:32

 

O músico Paul McCartney está indignado com a mais recente decisão da agência espacial americana (NASA) de voltar a utilizar animais como cobaias, noticiou o jornal E!online. Há 30 anos que a NASA não utilizava primatas nos seus ensaios, pelo que o retomar de testes de irradiação com animais na Estação Espacial Internacional tem provocado fortes protestos por parte de associações de defesa dos direitos dos animais de todo o mundo.   A decisão, tomada em Abril, provocou mesmo a demissão de April Evans, engenheira aeroespacial, que numa carta enviada à administração escreveu que “depois de muita ponderação”, decidiu resignar ao cargo por “não aceitar os argumentos científicos para a utilização de primatas nos testes de radiobiologia”.  Sir Paul McCartney escreveu uma carta a Charles Bolden, um dos administradores da NASA, manifestando o seu mais profundo repúdio pela utilização de animais como cobaias. “Acredito que a NASA tenha plena capacidade de estudar os impactes das viagens espaciais sobre a saúde e bem-estar dos astronautas sem ter que recorrer a testes com animais”, escreveu o músico. Na mesma carta, McCartney acrescentou: “Seria muito decepcionante se na nossa ânsia em descobrir novos horizontes e aprender mais sobre o universo em que vivemos começássemos a regredir na forma como tratamos os animais. Apelo, por isso, a que cancelem as experiências”.  A própria Agência Espacial Europeia contesta este tipo de métodos, declarando “não ter qualquer interesse a utilização de primatas, uma vez que os resultados não terão qualquer utilidade”.

0 comentários

RIAS liberta cinco aves recuperadas

19/08

2010

às 23:53

O Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens – Ria Formosa (RIAS), na Quinta do Marim, Olhão, devolve à natureza cinco aves amanhã:


 

Libertação de 3 cegonhas-brancas (Ciconia ciconia) e um mocho-galego (Athene noctua)
18h00 - Mexilhoeira Grande, Portimão

Ponto de encontro: Sede da Associação "A Rocha - Associação Cristã de Estudo e Defesa do Ambiente" - Cruzinha, Mexilhoeira Grande



Estas 3 aves juvenis foram recolhidas após terem caído do ninho. Foram entregues no RIAS por elementos do SEPNA da GNR e Vigilantes da Natureza. O processo de recuperação consistiu em alimentação, crescimento da plumagem de voo, contacto com outras cegonhas e treinos de voo.



O mocho-galego, adulto, foi recolhido em Portimão por um particular. Estava junto de uma estrada pelo que se supõe que terá sido atropelado. Apresentava algum sangue na cavidade oral e encontrava-se muito deprimido. O processo de recuperação consistiu em tratamento da lesão, alimentação, contacto com outros mochos e treinos de voo e caça.





Libertação de uma coruja-do-mato (Strix aluco)

20h00 - Paderne, Albufeira

Ponto de encontro: Centro de Saúde de Paderne

Esta ave foi recolhida em Paderne, ainda cria, por um particular. Foi entregue no RIAS pela equipa SEPNA da GNR de Albufeira. Apresentava-se um pouco debilitada e possuia uma lesão no olho esquerdo, provavelmente devida à queda do ninho. O processo de recuperação consistiu em tratamento da lesão, alimentação, crescimento da plumagem de voo, contacto com outra coruja e treinos de voo e caça. Apesar da lesão no olho ser permanente, esta não impede a ave de voar e caçar correctamente, já que estes animais usam principalmente a audição, pelo que será devolvida ao seu meio natural.

0 comentários

publicidade

Arquivo de artigos

Fale com o autora

envie os seus conteúdos para: fmariano@jn.pt

blogues associados

publicidade

Global Notícias SGPS, S.A. Todos os direitos reservados.