Resultados por tag: panda

Tailândia vai enviar cria de pandas chineses para Chengdu

11/04

2013

às 15:03

Foto: AP/Arquivo
 
As autoridades tailandesas anunciaram que vão enviar para a China em maio o urso panda Lin Ping, após o animal celebrar o quarto aniversário e depois de não conseguirem prolongar a estada do animal no zoológico de Chiang Mai.


Lin Ping, o primeiro panda nascido na Tailândia, será transportado de avião de Chiang Mai para Chengdu, capital da província de Sichuan, no sudeste do país, após o seu aniversário a 27 de maio, revela o diário Bangkok POst.


Prasertsak Buntrakulpuntawi, diretor do zoológico de Chiang Mai, explicou que o panda Lin Ping passa agora mais tempo no seu iglu para que se adapte às baixas temperaturas de Chengdu.


Nascida por inseminação artificial, Lin Ping converteu-se num fenómeno de popularidade na Tailândia onde tem um programa de televisão durante as 24 horas do dia, embora passe a maior parte do tempo a dormir.


O urso panda foi concebido por Chuang Chuang e Lin ***, os dois pandas cedidos por Pequim à Tailândia em outubro de 2003 e por um período de 10 anos contra o pagamento de 250.000 dólares (190.000 euros) e prevê-se que o zoológico tailandês entre em negociações com as autoridades chinesas para prolongar a estada.


No objetivo de incentivar a procriação dos pandas, os tratados do zoológico de Chiang Mai chegaram a projetar filmes pornográficos ao casal, mas decidiram mais tarde optar pela inseminação artificial.


No caso das crias dos pandas, a China autoriza que permaneçam no local até aos dois anos, mas acabou por aceitar prolongar o tempo no caso de Lin Ping.


Desde a chegada do casal de pandas a Chiang Mai, o zoológico já arrecadou mais de 200 milhões de bath (5,2 milhões de euros) com a venda de bilhetes de acesso ao espaço ocupado pelos pandas chineses.


Se há umas décadas existiam apenas um milhar de pandas em todo o planeta, o último censo chinês àqueles animais em liberdade contabilizada 1.596, embora possam existir mais alguns exemplares na atualidade dado que a contagem foi feita em 2004.


Aos pandas em liberdade juntam-se outros 328 que estão em cativeiro em todo o planeta.

0 comentários

Nasceu um bebé panda no zoo de Tóquio

05/07

2012

às 15:20

 

Foto: AFP/UENO Zoological Park

Um bebé panda gigante nasceu na terça-feira num jardim zoológico de Tóquio, no Japão, um evento saudado pela China, país de onde é originária a mãe.



Segundo a France Press, é o primeiro bebé panda nascido no zoo de Ueno desde há 24 anos, explicaram os responsáveis do parque. Trata-se, inclusive, da primeira gestação por método natural, uma vez que a cria nascida em 1988 resultou de uma inseminação artificial.



No sábado, o jardim zoológico suspendeu as visitas do público à mãe panda, Shin Shin, para evitar que esta ficasse nervosa. Shin Shin e o companheiro, Ri Ri, acasalaram duas vezes no final de março. Os dois foram emprestados pelas autoridades chinesas ao zoo de Ueno, explorado pelo governo de Tóquio.



Liu Weimin, porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, saudou o nascimento do bebé panda. “É uma boa notícia. Os pandas gigantes são mensageiros da amizade. Esperamos que as relações entre a China e o Japão possam melhorar graças ao nascimento desta cria”, disse, numa conferência de imprensa, em Pequim.



Os pandas gigantes, uma espécie ameaçada, são considerados o “símbolo nacional” da China.

0 comentários

Chinês vende chá de excremento de panda

20/03

2012

às 15:53

 

Fotos: Reuters/Stringer

O tesouro nacional chinês, o panda gigante, poder tornar-se ainda mais precioso se vingar o projeto de um empresário que quer utilizar os excrementos daqueles animais para cultivar chá verde orgânico que pretende vender a 150 euros a chávena.



An Yanshi, empresário no sudoeste asiático, cultiva o chá nas montanhas de Ya'an, na província de Sichuan, utilizando toneladas de excrementos de pandas que vivem nos em centros abrigo nos arredores, conta o Huffingtonpost.



O primeiro lote de chá de excremento de panda será vendido em lotes de 50 gramas e custará cerca de 2650 euros cada, o que o tornará o mais caro de todo o mundo. A maioria das pessoas usa cerca de três gramas de chá por chávena.



An Yanshi defendeu o preço exorbitante e referiu que iria canalizar os lucros dos lotes iniciais para um fundo ambiental. Os lotes futuros serão mais baratos, garantiu.



Num evento realizado no fim-de-semana para promover o novo produto, este antigo jornalista e atual professor, de 41 anos, explicou que o seu objetivo é transmitir ao mundo a mensagem de que é possível transformar o lixo em algo útil.

                          

Tags: ,
0 comentários

China empresta dois ursos pandas ao Canadá para reforçar relações políticas e económicas

12/02

2012

às 14:07

O Canadá e a China selaram a sua intenção de dar um impulso nas relações políticas e económicas com um acordo de acolhimento nos zoos canadianos de dois ursos pandas, a forma com que Pequim expressa tradicionalmente o seu desejo de estabelecer amizade, de acordo com o jornal espanhol ABC. O primeiro-ministro canadiano, Stephen Harper, deslocou-se à China para assistir à cerimónia final de assinatura de vários contratos, com os quais Otava aumentará o envio de petróleo para o gigante chinês, assim como de outros recursos. 

Num discurso no Jardim Zoológico de Chongqing, Stephen Harper sublinhou que o acordo de empréstimo dos dois ursos panda por um período de 10 anos é “um passo importante para o fortalecimento das relações entre os dois países”.

0 comentários

Crise grega adia empréstimo de dois pandas chineses à França

07/11

2011

às 22:34

 

O empréstimo de dois pandas da China ao Jardim Zoológico Beauval, em França, foi adiando por causa da crise grega, explicou esta segunda-feira a ministra francesa da Ecologia, Nathalie Kosciusko-Morizet, citada pela France Press.



“As coisas estavam muito avançadas. Simplesmente, a crise grega, a crise das dívidas soberanas e a urgência da reunião do G20 não permitiu uma última reunião entre o presidente Sarkozy e o presidente hu Jintao”, declarou a ministra, durante o seu quarto dia de visita à China.



“Espero que possamos finalizar as negociações por carta nas próximas semanas”, acrescentou, dizendo que o casal de pandas a ser emprestado “já está identificado”.



“O espaço para acolher os pandas já foi construído e aprovado pelos técnicos chineses que o visitaram. Dizem que é o mais bonito que já viram fora de Chengdu”, disse Nathalie Kosciusko-Morizet. “O panda é um animal tão simbólico que um empréstimo desta natureza exige um encontro ao mais alto nível”.



Em Janeiro, durante uma visita aos Estados Unidos, o presidente chinês anunciou o empréstimo de de dois pandas ao Jardim Zoológico de Washington durante cinco anos.



Existem apenas 1600 pandas no seu habitat natural em todo o mundo e apenas 300 em cativeiro, a maioria na China.

0 comentários

China constrói o primeiro hospital para pandas no mundo

06/05

2011

às 15:09

 

Um novo centro especializado para prevenção e tratamento de doenças dos pandas gigantes começou a ser construído na quarta-feira em Dujiangyan, na província chinesa de Sichuan, segundo o China Daily. Este será o maior equipamento do género em todo o mundo, de acordo com Zhang Hemin, director do Centro de Pesquisa e Conservação do Panda Gigante.



Além de ter como missão o resgate de pandas gigantes que vivam em estado selvagem e de levar a cabo pesquisas para prevenir e controlar as doenças de espécies ameaçadas, o centro terá também boas condições para acolher os pandas mais velhos, acrescentou o mesmo responsável.



Com uma área de 51 hectares, a nova unidade vai custar cerca de 22,2 milhões de euros, verba assegurada pelo governo de Hong Kong, sendo que 13,7 milhões de euros sairão directamente dos cofres do governo regional. O centro, que terá capacidade para acolher 40 animais, estará concluído no final do próximo ano.



Nas últimas décadas, os cientistas chineses têm conseguido atenuar a diminuição da população de pandas gigantes, através da reprodução em cativeiro. Os pandas gigantes são das espécies mais ameaçadas do mundo. De acordo com a Administração Estatal da Floresta, cerca de 1600 pandas vivem no seu habitat natural, enquanto que 300 vivem em cativeiros em vários jardins zoológicos do mundo.

Tags: ,
0 comentários

Dois pandas gigantes libertados na China

22/02

2011

às 13:02

Foto: Metro

Um bebé panda gigante, Cao Gen, e a mãe, Cao Cao, foram libertados, esta segunda-feira, na Reserva Natural de Wolong, na China, com a ajuda de tratadores vestidos... de panda. Segundo a edição inglesa do jornal Metro, esta foi uma decisão tomada para evitar que os dois animais se habituassem à presença humana, o que lhes poderá ser útil agora que estarão num regime de semi-liberdade.



Quando os pandas são libertados na natureza são frequentemente atacados por outros animais da mesma espécie. Em 2007, Xiang Xiang, uma macho de cinco anos, foi encontrado morto na Reserva Natural de Wolong depois de uma luta com outros pandas. Cao Cao e o bebé foram libertados, mas continuarão a ser atentamente monitorizados para que tenham mais hipóteses de sobrevivência.



No Japão, os pandas gigantes também são notícia, uma vez que dois exemplares chegaram ao Zoo Ueno, em Tóquio, vindos da China. Os habitantes da cidade receberam-nos nas ruas empunhando bandeiras com a imagem de um panda, enquanto as lojas e os cafés estão a vender merchandising e comida tendo os pandas como tema, incluindo um capuccino com a imagem da cabeça de um panda desenhada no creme.

0 comentários

Pandas do zoo de Washington começaram a namorar

03/02

2011

às 15:20

  Foto: Bangkok Post

As portas para o mundo exterior foram fechadas, as luzes enfraquecidas. Há câmaras de video colocadas em diversos ângulos e cerca de uma dúzia de pessoas a observar atentamente o que se passa. Os dois pandas gigantes do jardim zoológico de Washington, nos Estados Unidos, estão prestes a ter o seu primeiro encontro do ano, conta a AFP, citada pelo Bangkok Post. Uma vez que a fêmea, Mei Xiang, só está no seu período fértil uns dias por ano, o ritual de acasalamento é monitorizado ao segundo de forma a verificar se, juntamente com o seu parceiro de longa data, Tian Tian, tem uma cria na primavera. “Esta é a beleza do período de acasalamento dos pandas. Tudo acontece em dois ou três dias mas é tudo extremamente intenso”, diz Pierre Comizzoli, fisiologista reprodutivo do Jardim Zoológico de Washington.



Mei Xiang começou a emitir aquilo que os tratadores reconhecem como sendo chamamentos próprios da época de acasalamento há cerca de duas semanas, indicando que estava no período fértil. Um perito chinês, Tang Chunxiang, do Centro Chinês de Pesquisa e Conservação do Panda Gigante, em Wolong, deslocou-se aos Estados Unidos em Janeiro. Finalmente, os dois animais, que no resto do ano vivem em espaços separados, puderam ficar juntos.



Os cientistas monitorizaram os níveis de hormonas de Mei Xiang, os médicos veterinários estavam atentos, no caso de tensão sexual se transformar em violência, e especialistas em comportamento animal procuravam “sinais de que alguma coisas estava a acontecer naturalmente”, explicou Pierre Comizzoli. Desde há muito tempo que os dois pandas formam um casal, monogâmico desde o ano 2000. Eles tiveram uma cria, Tai Shan, em 2005, embora esta tenha sido concebida por inseminação artificial.



No início da época de acasalamento deste ano, os dois foram submetidos a exercícios físicos para fortalecer os músculos e aumentar a sua resistência. Tian Tian tem sido treinado para se conseguir manter em pé, apoiado nas patas traseiras, enquanto Mei Xiang aliciada a deitar-se num tronco colocado na sua toca para treinar a sua posição. “Queremos que eles permaneçam saudáveis e na melhor força física para procriarem”, disse o curador Brandie Smith.



Comizzoli acrescentou que a ajuda de Tang Chunxiang foi precisosa, uma vez que o centro em Wolong tem 90 pandas gigantes, ao contrário do zoo de Washington, que só tem este casal. “O maior problema que temos com o nosso macho e a nossa fêmea é que eles não são muito bons a procriar naturalmente”, sublinha Comizzoli. Tang conseguiu perceber o que estava de errado com o posicionamento do macho e da fêmea que os impedia de conceber naturalmente. Mas desde Tian Tian, de 13 anos, tem tido oportunidade de melhorar as suas técnicas, os tratadores têm-lhe perdoado as suas manias. “Basicamente, trata-se de falta de prática e de confiança”, acrescentou Comizzoli.



Contudo, apesar dos vários esforços desenvolvidos, não é certo a fêmea tenha sido capaz de conceber, pelo que, à semelhança do que acontece na China, recorreram à inseminação artificial nos dias 29 e 30 de Janeiro. Só agora começou o verdadeiro mistério. Durante meses, os tratadores não vão ser capazes de saber se Mei Xiang, de 12 anos, foi capaz de engravidar. Nos pandas, a gestação dura entre 90 e 185 dias. Os níveis de hormona não revelam nada no início e os exames de ultrassom são difíceis de realizar.



O panda é uma espécie em risco de extinção. De acordo com os cientistas, devem existir 1600 indivíduos em estado selvagem, maioritariamente na China, e deverão existir cerca de 300 em parques zoológicos de todo o mundo. Mei Xiang e Tian Tian pertencem à China, mas estão nos Estados Unidos desde 2000 para um programa de pesquisa a 10 anos. A sua estadia foi prolongada em mais cinco anos, mas se eles não procriarem em breve, poderão ser trocados por um casal mais novo.

0 comentários

"Vaca-panda" nasceu no Colorado no último dia de 2010

04/01

2011

às 10:14

  Foto: Tom Hacker/Loveland Daily Reporter-Herald via AP

Uma vaca em miniatura rara, com manchas pretas e brancas semelhantes às de um panda bebé, nasceu no último dia de 2010 numa quinta no Norte do Colorado, segundo o Washington Post. A apelidada “vaca-panda”, baptizada Ben, é o resultado de uma operação de manipulação genética. Estima-se que existam apenas 24 destes animais em todo o mundo. O proprietário da quinta, Chris Jessen, cria gado bovino e ovino em miniatura, mas apenas como animais de estimação e possui ainda um canguru também em miniatura. Cada “vaca-panda” custa cerca de 22.500 euros.

Tags: , ,
0 comentários

Casal de pandas gigantes oferecido por Pequim chegou hoje a Macau

18/12

2010

às 21:35

O casal de pandas gigantes oferecido a Macau por Pequim em 2009, por ocasião do 10.º aniversário da transferência de poderes para a China, chegou hoje à região, mas ficará em quarentena durante um mês, de acordo com a agência Lusa. Kai Kai (alegre – macho) e Xin Xin (contente – fêmea), em mandarim, ou Hoi Hoi e Sam Sam, em cantonense, deixaram hoje a província chinesa de Sichuan, a sua terra natal, rumo a Macau num voo da Air China fretado para o efeito.

 

À chegada ao Aeroporto Internacional de Macau, cerca de uma centena de alunos de várias escolas do território, incluindo a Escola Portuguesa, esperavam o casal de pandas, que foi transportado em jaulas opacas até à ilha de Coloane, onde encontraram uma nova casa, de 90 milhões de patacas (8,5 milhões de euros).

 

Segundo o Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais de Macau (IACM), o casal de pandas vai ficar um mês de quarentena e depois terá um período para se adaptar à nova casa, não se sabendo ainda quando poderão receber visitas. A secretária para a Administração e Justiça, Florinda Chan, realçou hoje na cerimónia de recepção do casal de pandas que a oferta de Pequim “reflecte a solicitude do Estado chinês para com toda a população de Macau e transmite a amizade profunda da população do interior da China”.

 

“Grande número de cidadãos e turistas entusiastas serão atraídos a visitá-los, contribuindo, desta forma, para uma maior divulgação da mensagem, muito actual, da necessidade de procurar a preservação destes animais raros e preciosos”, observou. Florinda Chan salientou ainda que o “governo de Macau crê que Kai Kai e Xin Xin vão trazer, como os seus nomes indicam, ilimitadas alegrias ao território e à sua população e espera que o casal de pandas possa viver feliz, crescer saudável e procriar, tornando-se numa maior família em Macau”.

 

O Pavilhão dos Pandas, no parque de Seac Pai Van, é um complexo de luxo envidraçado, com dois quartos com 200 metros quadrados cada para os pandas se recolherem ao meio dia para uma sesta e à noite, dois jardins interiores com 330 metros quadrados e um jardim exterior de 600 metros quadrados com baloiços, canais de água e vegetação.

 

Kai Kai e Xin Xin terão ao seu cuidado uma equipa de 13 tratadores e veterinários que receberam formação em Hong Kong e Sichuan e os seus visitantes terão à disposição um centro de informação sobre pandas, uma cafetaria com esplanada, loja de lembranças e uma praça para actividades alusivas aos pandas.

 

O IACM está ainda a decidir o valor dos ingressos a cobrar, mas as receitas reverterão a favor do Fundo dos Pandas, que será criado em breve e contará com doações do Governo de Macau e do exterior para garantir a boa adaptação ao território daqueles animais em vias de extinção.

 

Kai Kai, o panda macho, nasceu em Agosto de 2008 e pesa 75 quilos e Xin Xin nasceu cerca de duas semanas mais tarde e pesa 65 quilos. Os nomes foram escolhidos em Agosto por mais de 56 mil residentes de Macau, através de um concurso.

0 comentários

Panda gigante dá à luz gémeos na China

02/08

2010

às 18:02

 

Uma fêma de panda gigante deu à luz um par de gémeos, ontem de madrugada, no Centro de Protecção e Pesquisa de Pandas Gigantes da China, sedeado em Wolong, província de Sichuan, noticia o China News. São o sexto e o sétimo nascimento de crias desta espécie no último mês, considerado um autêntico “baby boom”.



Shuixiu, a mãe panda estreante, deu à luz às 1.17 e 1.40 horas. De acordo com os responsáveis do centro, ambos os bebés estão bem. Mas enquanto Shuixiu protegeu de imediato a primeira cria a nascer, impedindo os médicos de ver o sexo e o peso, abandonou a segunda, prática habitual nas fêmeas pandas. Os médicos veterinários levaram a segunda cria, uma fêmea com 55,3 gramas, para a enfermaria.


 

Os pandas gigantes estão entre as espécies animais mais ameaçadas do planeta. De acordo com vários estudos, vivem em liberdade 1,59 mil pandas, a maioria nas montanhas e Sichuan, enquanto mais de 210 vivem em cativeiro.

0 comentários

publicidade

Arquivo de artigos

Fale com o autora

envie os seus conteúdos para: fmariano@jn.pt

blogues associados

publicidade

Global Notícias SGPS, S.A. Todos os direitos reservados.