Resultados por tag: vaca

Vaca cai de telhado e mata homem no Brasil

14/07

2013

às 16:43

Um homem de 45 anos morreu devido aos ferimentos provocados por uma vaca que caiu em cima do telhado da casa onde dormia, em Caratinga, Minas Gerais (sudeste Brasil), na quarta-feira à noite. De acordo com o jornal brasileiro “Hoje em dia”, João Maria de Souza foi transportado ao hospital, mas acabaria por morrer no dia seguinte.



Os bombeiros explicaram aos jornalistas que a vaca caiu sobre o telhado de zinco depois de descer um morro. O telhado não aguentou o peso e partiu, fazendo com que o animal caísse em cima do homem.

 

 João Maria de Souza sofreu ferimentos no rosto e no abdómen e fracturou uma perna, mas permaneceu sempre consciente, segundo o jornal britânico "The Telegraph". Acabou por morrer no hospital, devido a uma hemorragia interna, antes de ser visto pelos médicos, segundo a família.


Ao que tudo indica, a vaca não sofreu qualquer ferimento e foi retirada de casa pela mulher de João Maria de Souza. As autoridades procuram agora o dono do animal, que poderá ser responsabilizado pelo acidente.

Menina de cinco anos que vive com vacas só comunica através de mugidos

28/07

2012

às 15:35

Foto: Arquivo JN

Uma criança de cinco anos foi encontrada a viver com vacas numa zona rural da Rússia, comunicado apenas através de mugidos.



O jornal britânico Daily Mail conta que a menina selvagem foi resgatada pela polícia depois de um vizinho do bairro de Solikamsk, nos Montes Urais, ter dado o alarme.



A criança, que não tem nome, não sabe comer ou beber como os seres humanos, preferindo beber de uma panela, de acordo com as autoridades locais.



Segundo a polícia, o vizinho contou-lhe que a menina vivia com as vacas da quinta dos pais, o que veio a confirmar-se. Quando foi encontrada não tinha praticamente roupa nenhuma vestida.



De vez em quando, a criança era trancada num quarto pelos pais.

Tags: ,
0 comentários

Nasceu em Lérida um vitelo com seis patas

13/06

2012

às 15:46

 

Na localidade de Olius, em Lérida (Espanha), nasceu um vitelo com seis patas, as quatro normais e duas outras que saem das costas, conta o jornal espanhol ABC.



Segundo Josep Sala, o proprietário do animal, trata-se de um vitelo normal, que come, corre e realiza as atividades habituais, apenas tem a particularidade de ter duas patas extra.



O vitelo, que tem três semanas, é fruto de inseminação artificial realizada com sémen de um touro americano. “Sempre fizemos inseminações com sémen deste tipo e nunca nos tinha acontecido nada semelhante”, explicou o ganadeiro, surpreendido.



Josep Sala explica que a deficiência se poder dever ao facto de a vaca ter dado à luz dois vitelos ao mesmo tempo, pelo que as duas patas extra poderiam pertencer a um terceiro animal que não se chegou a formar.



De qualquer maneira, a empresa que gere o sémen desta propriedade rural já recolheu uma amostra de ADN do vitelo para ver se a malformação é fortuita ou resultado de algum problema da parte do touro que doou o sémen.



O ganadeiro não sabe o que fazer com o vitelo de seis patas. Receia que se o operar para retirar as patas extra este possa ficar imobilizado, pois as patas nascem junto à coluna vertebral.

Tags: , , ,
0 comentários

Boi e vaca acasalam em plena estrada e provocam o caos no trânsito

03/06

2012

às 15:31

Foto: Global Imagens/Arquivo

Um boi e uma vaca decidiram acasalar num cruzamento muito movimentado em Rayburn, no estado americano da Pensilvânia, causando distúrbios na circulação do trânsito, segundo o jornal Pittsburgh Post-Gazette.



O polícia John Trooper Corner explicou que os animais estavam numa zona onde estão a ser feitas construções, pelo que a fluidez do trânsito ficou ainda mais dificultada.



As autoridades ofereceram rolos de feno aos animais, mas nem assim eles se largaram. O boi ainda fez frente aos polícias, obrigando-os a pedir apoio ao Departamento de Agricultura da Pensilvânia, que acabou por levar os animais sob custódia.

Tags: , ,
0 comentários

Menino cambojano bebe leite directamente da vaca

12/09

2011

às 15:35

  

Fotos: Samrang Pring/Reuters

Um menino de 20 meses começou a mamar numa das vacas da família em Julho, depois dos pais terem abandonado a aldeia rural onde a família, no Camboja, vive para procurarem trabalho.



Um Oeung, o avô, contou à Associated Press que, na primeira vez, tentou dissuadir o menino. Mas ele gritou tanto e tão alto que o avô acabou por ceder e, agora, Tha Sophat bebe uma a duas vezes por dia directamente da mama da vaca.



Desde que os pais emigraram para a Tailândia, o menino vive com os avós na província de Siem Reap, no noroeste do Camboja.



Um Oeung diz que a vaca não se importe que o menino mame, mas o avô está preocupado com a saúde do neto, caso ele continue a beber o leite desta forma.

                               

Vaca Yvone já foi capturada

02/09

2011

às 16:31

 

Yvone, a vaca fugitiva que tem feito correr rios de tinta em alguma imprensa alemã, já foi apanhada, de acordo com o jornal inglês “The Guardian”. E de uma forma muito simples: com um tiro anestésico.



O bovino, de seis anos, estava desaparecido desde 24 de Maio, como aqui já tinhamos dado conta. Durante três meses conseguiu fugir à polícia, aos agricultores e aos defensores dos direitos dos animais, que tentaram atraí-la de várias formas. Sempre sem êxito.



Esta semana, Konrad Gutman, de 46 anos, viu-a junto das suas pastagens. “Foi um golpe de sorte. Eu estava a verificar a cerca eléctrica com a minha filha, eram seis da tarde, quando vi a Yvone do lado de fora a olhar para as minhas vacas. Pareceu-me muito solitária”, contou ao “Daily Mail”.



“Quando nos viu, voltou para o bosque. Pedi à minha filha para reunir as nossas vacas. Ela estava muito nervosa, notava-se a tensão que estas últimas semanas lhe provocaram”, acrescentou. Foi necessário recorrer a um tranquisante para a recuperar.



Konrad Gutman reclamou os 10 mil euros prometidos pelo tablóide alemão “Bild” a quem conseguisse capturar a Yvone. Parte do dinheiro (600 euros) serviu para comprar a vaca, que agora vai viver no santuário animal que gere e, desta forma, escapara a uma morte certa.

Tags: ,
0 comentários

Alguém viu a vaca Yvone?

24/08

2011

às 16:48

 

É a mais recente estrela do mundo bovino. Yvone, uma vaca de seis anos nascida e criada nos Alpes austríacos, não terá gostado que a transferissem para uma quinta na Baviera, Alemanha, e decidiu fugir no dia 24 de Março. Saltou a cerca eléctrica e refugiou-se num bosque nos arredores da cidade de Zangberg.



Desde então, agricultores, polícia e defensores dos direitos dos animais têm tentado desesperadamente encontrar e capturar Ivone, que pesa cerca de 700 quilos. O tablóide Bild oferece uma recompensa de cerca de 10 mil euros a quem conseguir trazer Yvone de volta a casa.



Michael Aufhauser, proprietário de um santuário animal em Deggendorf, na Baviera, avistou-a na última sexta-feira, segundo a edição inglesa do jornal Metro. “Ela olhou fixamente para mim – parecia o olhar de um animal selvagem, não de uma vaca criada numa quinta”, contou. Ivone conseguiu escapar ao disparo do tranquilizante.



O primeiro proprietário de Ivone diz que ela é muito nervosa. A polícia e os defensores dos direitos dos animais temem que ela se possa assustar e sair daquela área. Já foram feitas diversas tentativas para atraí-la, inclusive, utilizando como chamariz o boi Ernst, que por ser muito atraente é considerado o George Clooney do reino bovino, mas Ivone não caiu em tentação.

Tags: ,
0 comentários

Condutor inglês atingido por vaca "voadora"

13/08

2011

às 11:30

 

Um inglês de 24 anos não ganhou para o susto quando viu uma vaca aterrar literalmente em cima do seu Citröen C5, quando conduzia em Staffordshire, Inglaterra, segundo o Daily Mail. Apesar de ter perdido o controlo da viatura, Robert Gould escapou apenas com alguns cortes e contusões.



O dono da vaca, Clive Langford-MyCock, disse que algo deve ter assustado terrivelmente o animal para ele saltar desesperado uma vedação com cerca de três metros de altura. A vaca atingir o capô do carro e partiu uma das rodas, acabando por morrer no local. Devido ao seu tamanho, teve que ser removida com recurso a uma máquina retroescavadora.



“Alguma coisa aconteceu para assustar a vaca”, continuou Clive Langford-MyCock. “Possivelmente, a trovoada, uma avião a voar a baixa altitude ou aquelas estúpidas lanternas chinesas”.

Tags: ,
0 comentários

Chinesa desmaia ao ver vaca a dar à luz vitelo com duas cabeças

27/04

2011

às 19:22

  Foto: Orange News

Uma mulher chinesa desmaiou quando viu que a sua vaca estava a dar à luz um vitelo com duas cabeças. Dong Yubao, de 65 anos, contou ao Orange News que a sua mulher, Liu Chunhua, de 60 anos, estava a ajudar a vaca no parto. “O vitelo começou a sair – primeiro a cabeça – e a minha mulher desmaiou ao ver que tinha duas cabeças e quatro olhos”, contou este agricultor de Gaoyang, na província de Hebei.



Segundo Dong Yubao, a vaca já tinha dado à luz previamente e todos os seus vitelos nasceram saudáveis e normais. “Não consigo perceber por que é que ela deu à luz um vitelo tão estranho desta vez”, acrescentou.



As duas cabeças do vitelo apontam para direcções opostas. Ambas as cabeças têm dois olhos, um nariz e uma boa, mas apenas três orelhas entre elas. Dong Yubao contou que o vitelo não consegue suster-se sozinho, pelo que a neta está a alimentá-lo a biberão.

Tags: ,
0 comentários

Garraiada voltou à semana académica de Vila Real

08/04

2011

às 10:30

 

O regresso da garraiada à festa académica de Vila Real originou ontem um protesto pacífico em defesa dos direitos dos animais e opôs os aficionados e os críticos desta corrida, que teve como vedeta uma vaca. A garraiada, uma corrida com vacas ou touros novos, foi abolida há dois anos por um grupo de alunos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), mas regressou este ano à semana académica daquela instituição, noticiou a agência Lusa.


Durante a tarde, muitos foram os alunos que se juntaram no campus da universidade para ver ou enfrentar as cinco vacas que entraram na arena, enquanto outros estudantes, acompanhados por outras pessoas da cidade de Vila Real, protestaram de forma pacífica contra a iniciativa.


Um dos contestatários do regresso da garraiada foi Mário Pinto que se mostrou contra a "discriminação entre espécies". "Esta acção é focalizada na garraiada, mas é alargada ao conceito de que os animais não podem ser motivo de divertimento para nós, quando isso implica o seu sofrimento ou humilhação", salientou.


Mário Pinto sublinhou que a manifestação quis "marcar um ponto" e "não criar qualquer atrito". "O ser humano é o único ser capaz de interpretar ética e bem-estar animal e é por isso que nós lutamos", referiu.


António Brandão salientou que a defesa dos animais transcende o "meio académico" e sublinhou a necessidade de sensibilizar quer os alunos, quer a comunidade em geral. "Achamos mais constructivo que haja evolução e a postura das pessoas seja diferente", frisou.


Maria João Manso foi uma das responsáveis pelo regresso da garraiada à Semana Académica. "É natural que seja um tema que dê muita polémica, que vai dar sempre, mas estamos aqui não para humilhar qualquer tipo de animal. Quisemos fazer regressar uma tradição à nossa universidade. Já vamos perdendo tantas, porque perder mais esta", salientou.


Maria João acrescentou que se trata de uma tradição com mais de 20 anos da UTAD e com mais de 50 em outras universidades como de Coimbra, Évora ou Lisboa. Para esta estudante, o que é preciso é "respeitar as diversas opiniões sobre o tema".


Quem não se importou com a polémica à volta do assunto foi Manuel Mendes, que com outros colegas saltou para a arena para fazer uma pega à vaca. Enquanto este aluno agarrava o animal pelos cornos cortados, outros puxavam pelo *** ou pelo corpo da vaca. E, entre tombos e empurrões, Manuel confessou ter "muito gosto" pelas garraiadas, ou não confessasse ser ribatejano de nascença. "A vaca tem muita força e mais me maltratou ela a mim do que eu a ela. É uma brincadeira", salientou.


Pelo meio, os manifestantes apresentaram uma queixa ao Serviço de Protecção (SEPNA) na Natureza e Ambiente da GNR, que se deslocou ao local para averiguar a documentação dos animais e as condições em que decorreu o espectáculo.

0 comentários

Mudança de dieta é o suficiente para diminuir a flatulências das vacas e das ovelhas

02/04

2011

às 20:30

 

Uma mudança da dieta poderá ser o bastante para reduzir a flatulência das vacas e das ovelhas, dois dos principais emissores naturais de gases para a atmosfera, defende um novo estudo. Segundo o Guardian, uma investigação financiada pelo governo britânico, para ajudar os criadores de gado a reduzir a emissão de gases para a atmosfera, explica como reduzir a quantidade de metano resultante da flatulência e dos arrotos de vacas e ovelhas.



Investigadores da Universidade de Reading e do Instituto de Ciências Biológicas, Ambientais e Rurais concluiram que as vacas podem emitir diariamente menos 20% de metano por cada litro de leite que produzem se forem alimentadas com colza moída. No caso das ovelhas, uma dieta rica numa determinada qualidade de aveia poderá reduzir em cerca de um terço as emissões do mesmo gás, segundo o mesmo estudo.



Jim Paice, ministro inglês da Agricultura, disse: “É espantoso como esta investigação descobriu, que com uma simples mudança na dieta dos animais de criação, temos o potencial de fazer uma grande diferença no meio ambiente”. A agricultura contibui com cerca de 9% das emissões de gases com efeito de estufa no Reino Unido, de acordo com aquele ministério, sendo que metade dessa quantidade tem como origem as vacas, as ovelhas e as cabras.

Tags: , , ,
0 comentários

PETA quer o fim das bolas de couro no Campeonato Mundial de Criquete

24/03

2011

às 10:30

 

O grupo de defesa dos direitos dos animais, Peta, apelou à proibição do uso de bolas em pele durante o Campeonato Mundial de Criquete, em 2015, segundo a Reuters. A Peta (People for Ethical Treatment of Animals) escreveu ao presidente do Conselho Internacional de Criquete, Sharad Pawar, a pedir que autorize a substitução das bolas tradicionais, em couro, por outras feitas com materiais sintéticos.



“Sendo considerado um «jogo de cavalheiros», o criquete deverá respeitar os animais e o ambiente, promovendo a substituição das bolas. O senhor está numa posição privilegiada para promover essa mudança que permitirá aliviar o sofrimento e amatança de animais”, escreveu o director da PETA, Poorva Joshipura.



De acordo com a mesma associação, as vacas são sujeitas a um sofrimento desnecessário durante processo de abate e o tratamento do couro exige o uso de grandes quantidade de produtos tóxicos que contaminam as fontes de água.

0 comentários

"Vaca-panda" nasceu no Colorado no último dia de 2010

04/01

2011

às 10:14

  Foto: Tom Hacker/Loveland Daily Reporter-Herald via AP

Uma vaca em miniatura rara, com manchas pretas e brancas semelhantes às de um panda bebé, nasceu no último dia de 2010 numa quinta no Norte do Colorado, segundo o Washington Post. A apelidada “vaca-panda”, baptizada Ben, é o resultado de uma operação de manipulação genética. Estima-se que existam apenas 24 destes animais em todo o mundo. O proprietário da quinta, Chris Jessen, cria gado bovino e ovino em miniatura, mas apenas como animais de estimação e possui ainda um canguru também em miniatura. Cada “vaca-panda” custa cerca de 22.500 euros.

Tags: , ,
0 comentários

Vaca dá à luz trigémeos de raças diferentes nos EUA

25/07

2010

às 11:50

 

 

Parece um autêntico fenómeno do Entroncamento. Nos Estados Unidos, uma vaca deu à luz três vitelos gémeos, mas… de raças diferentes. Coco, uma vaca da raça Holstein Friesian, pariu sozinha três bezerros saudáveis, algo que acontece apenas uma vez em cada 105 mil. Mais raro ainda é o facto de três dos vitelos serem de raça belga Blue Cross e o terceiro ser de raça Cruz de Charolais.  O proprietário, Anthony Gothard, de 37 anos, explicou que o fenómeno resulta do facto de Coco ter sido inseminada com sémen de touros diferentes. Anthony, proprietário de uma quinta de produção de leite em Stoke, São Gregório, em Somerset, disse ter ficado bastante surpreendido, por nunca ter visto nada igual. “O meu avô até foi de propósito vê-los por não acreditar”, adiantou. Coco deu à luz o primeiro bezerro há cerca de uma semana, um macho belga Blue Cross. Depois de se certificar que tanto a mãe como o bebé estavam de perfeita saúde, Anthony regressou ao trabalho, juntamente com a mulher Natasha, de 34 anos. Mais tarde, ao regressar para junto de Coco, verificou que esta tinha dado à luz mais um vitelo, desta vez uma fêmea, também da raça Blue Cross.  A grande surpresa verificou-se uma horas depois, quando voltou para se certificar se estava tudo bem. Dessa vez, além de Coco e dos seus dois bezerros, encontrou um terceiro – a que deu o nome de Telégrafo – desta vez de raça Cruz Charolais.

 

0 comentários

Alugue uma vaca

12/07

2010

às 15:40

Alguns agricultores suíços encontraram uma nova forma de rentabilizar as suas quintas, situadas nas montanhas alpinas, e, em simultâneo, angariar mão-de-obra. Como? Alugando as suas vacas. Empresas como a Mavachemoi (cantão de Friburgo) ou a Kuhleasing (cantão de Berna) oferecem aos interessados a possibilidade de alugarem as suas vacas, durante uma estação (de Junho a Setembro) ou um mês, e de participarem diariamente nos trabalhos agrícolas. Uma vez assinado o contrado, o novo candidato a agricultor fica obrigado a levar a sua vaca ao pasto durante quatro horas, a ordenhá-la e a fabricar queijo com o seu leite. Claro, sempre acompanhado de funcionários da quinta. Esta é uma actividade procurada por pessoas de todo o mundo, especialmente as que vivem nos grandes centros urbanos, que desta forma se afastam do stress quotidiano e têm a possibilidade de contactar directamente com a natureza.

Tags: ,
0 comentários

publicidade

Arquivo de artigos

Fale com o autora

envie os seus conteúdos para: fmariano@jn.pt

blogues associados

publicidade

Global Notícias SGPS, S.A. Todos os direitos reservados.