titimg

Sobre

Velocidade é um blogue de Armando Fonseca Júnior dedicado a automóveis e desportos motorizados.

26-11-2016


 

São 15 os candidatos a suceder ao Opel Astra (foto), vencedor do ano passado, e a ostentar a coroa do “Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2017”, o mais importante prémio atribuído a um produto automóvel em Portugal, que já vai na sua 34ª edição.

 

A eleição do “carro do ano” português, organizada pelo Expresso e pela SIC Notícias, é feita por um alargado corpo de jurados que representam os órgãos de comunicação social mais prestigiados do país e de todos os construtores de automóveis representados em território nacional.

 

Através de um elaborado boletim de voto com os mais distintos itens de análise e com o suporte de um regulamento que procura sempre evoluir ao longo de todas as edições, é possível, da forma mais adequada e fiável, consagrar o produto automóvel vencedor e que ostenta o galardão de Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal ao longo do ano. Estética, performances, segurança, fiabilidade, preço e sustentabilidade ambiental são algumas das múltiplas alíneas em apreço pelos jurados.

 

Numa primeira fase, ainda a decorrer, serão escolhidos sete finalistas, mais tarde reavaliados para se encontrar o vencedor. Em paralelo, o júri escolherá também os vencedores das cinco classes a concurso nesta edição, ou seja: Citadino do Ano, Carrinha do Ano, Familiar do Ano, Crossover do Ano e Ecológico do Ano. A estes juntar-se-ão os galardoados com os prémios Inovação e Tecnologia e Prémio do Público.

 

São os seguintes os concorrentes: Audi Q2 1.6 TDI Sport; Citroen C3 Pure Tech 110 S&S Shine; Hyundai Ionic Hybrid Tech; Hyundai Tucson 1.7 CRDi Premium; Kia Sportage 1.7 CRDi TX; Kia Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line; Mazda3 CS Skyactiv-D 1.5 Excellence HT Navi Pack Leather; Mitsubishi Outlander PHEV; Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi 120 CV EAT6; Renault Mégane Berlina Energy dci 130 GT Line; Renault Mégane Sport Tourer Energy dci 130 GT Line; Volkswagen Passat Variant GTE; Volkswagen Tiguan 2.0 TDI 150 CV Highline; Volvo V90 D4 190 CV Geartronic; e SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style S&S 115 CV.

Publicado por afjunior às 16:22
21-11-2016

 

 

O ano de 2017 vai ser muito especial para a Opel, com estreias em praticamente todos os segmentos de mercado. O intenso programa de novos produtos é designado internamente de “7 em 17”, traduzindo o lançamento de sete modelos no próximo ano. Nunca na sua história, que remonta a 1899, a Opel apresentou tão elevado número de novidades num só ano.

 

O programa “7 em 17” insere-se numa extensa ofensiva de produto que contempla 29 novos modelos a lançar entre 2016 e 2020. Neste período, tanto o posicionamento como a gama da marca serão completamente renovados.

 

Resumidamente, os sete modelos que serão lançados são os seguintes: o elétrico Ampera-e está pronto para causar uma revolução na mobilidade elétrica, já a partir da próxima primavera, com a sua autonomia superior a 500 quilómetros; o novo topo de gama, Insignia Grand Sport (foto em cima) estreará na marca uma berlina de cinco portas com perfil de ‘coupé’; a grande ‘station wagon’ desportiva Insignia Sports Tourer, com aumento de espaço relativamente à versão anterior; a nova Insignia Country Tourer, com tração integral; o Opel Vívaro vai, segundo a marca, elevar o patamar em versatilidade e conforto de passageiros; o MOKKA X - o SUV mais vendido na Europa no segmento B - recebe a companhia do Crossland X, um novo ‘crossover’ da Opel; a Opel alargará a sua oferta no segmento dos ‘compactos’ com um ‘crossover’ especialmente dinâmico que se juntará ao Astra e ao Zafira.

Publicado por afjunior às 17:11
07-11-2016

 

 

A Mazda Motor de Portugal já iniciou a pré-venda do novo MX-5 RF (Retractable Fastback) em Portugal, que será comercializado com preços a partir dos 29 660 euros. O novo derivativo do icónico Mazda MX-5 destaca-se pelo seu tejadilho elétrico de três secções.

 

Trata-se da mais recente interpretação das características de um Mazda de dois lugares e baixo peso, resultando num fastback de design atraente, que contribui para o aumento dos níveis de emoção ao volante, espelhando o característico prazer de condução Mazda.

 

A operação da capota elétrica faz-se nuns meros 13 segundos e pode ser realizada em andamento, a velocidades até aos 10 km/h.

 

Detentor de diversos galardões, nomeadamente os de “Carro do Ano Mundial 2016” e “Design Automóvel do Ano Mundial 2016”, ambos atribuídos à actual 4ª geração MX-5, e, a partir de agora complemento à gama do roadster mais vendido do mundo, o novo MX-5 RF apresentar-se-á em Portugal equipado com os mesmos dois motores a gasolina SKYACTIV-G, de 1,5 litros (131 cavalos) e 2,0 litros (160 cavalos).

 

O modelo chegará aos stands Mazda nacionais durante o primeiro trimestre do próximo ano, altura em que começam a ser entregues as unidades entretanto comercializadas neste processo de pré-venda.

 

 

Publicado por afjunior às 9:57
05-11-2016

 

 

Iniciou-se ontem (4 de novembro) a comercialização do novo SUV 3008 da Peugeot em Portugal. O fim de semana é de “portas abertas” nos concessionários nacionais, para mostrar esta nova aposta francesa, em que a marca deposita fortes esperanças., já que o modelo realiza um verdadeiro salto geracional, nomeadamente na vertente tecnológica.

 

Abordando o segmento de um modo inovador, o novo 3008 pretende dar uma resposta coerente e completa às crescentes exigências de diferenciação de novas experiências. Uma das apostas fortes é o i-Cockpit® de última geração, bem como o recurso a um vasto arsenal tecnológico de equipamentos high tech, entre outros conteúdos.

 

Uma frente verticalizada, um capot longo e horizontal e uma cintura elevada são os principais elementos de design do novo modelo, a que se juntam rodas grandes, umna altura ao solo melhorada e barras de tejadilho perfiladas.

 

Os preços arrancam nos 30 650 euros, para a versão Active com motor 1.2 a gasolina de 130 cavalos. A entrada nas motorizações Diesel faz-se por 32 750 euros (1.6 BlueHD1 de 120 cavalos com equipamento Active), mas pode chegar aos 38 850, no caso de optar pela versão GT Line com caixa automática.

 

Está ainda disponível, só na dotação de equipamento GT Line, um propulsor de 2,0 litros na versão de 150 cavalos (40 550 euros) e na evolução de 180 cavalos, no topo de gama, o GT (44 240 euros).

 

 

Publicado por afjunior às 17:52
31-10-2016

 

 

A nova geração Opel Insignia está prestes a completar o programa de desenvolvimento, tendo a estreia mundial agendada para o próximo Salão de Genebra, em março de 2017.

 

Com designação Insignia Grand Sport, o novo topo de gama da Opel tem vários protótipos em testes de estrada e, mesmo apesar de densa camuflagem, não consegue esconder as linhas. Esta ‘berlina’ de cinco portas assenta numa arquitetura completamente nova, que tem distância entre eixos consideravelmente superior à do anterior modelo (mais nove centímetros).

 

Contudo, graças a projeções curtas, será apenas 5,5 centímetros mais comprido que o atual Insignia. O novo Insignia Grand Sport terá ainda mais um centímetro em largura e menos três centímetros em altura, com uma linha de tejadilho muito suave.

 

O novo Insignia Grand Sport está, segundo a Opel, mais elegante e, ao mesmo tempo, mais dinâmico. O espaço, a eficiência e o baixo peso estiveram no topo da lista de prioridades dos engenheiros que supervisionaram todo o processo de desenvolvimento.

 

Nomeadamente recorrendo a materiais leves, foi possível reduzir o peso até 175 kg por comparação com a atual geração. Por seu turno, a atenção especial ao ‘packaging’ permitiu obter um habitáculo mais espaçoso e integrar uma série alargada de tecnologias de topo a bordo.

 

 

Publicado por afjunior às 22:47
28-10-2016


 

A nova Volvo V90 Cross Country só chegará ao mercado nacional em janeiro do próximo ano, mas a marca revelou já alguns pormenores relativos à sua comercialização entre nós, entre os quais o patamar mínimo de preço, que e 59 990 euros.

 

Este valor diz respeito ao equipamento base e ao motor D4, Diesel de 190 cavalos, com tração integral. Tendo como exemplo na V90 de duas rodas motrizes já comercializada entre nós, este velor subirá facilmente para cerca de 70 mil euros no caso de se optar pelo quase totalidade do vasto leque de equipamento disponível, que inclui, por exemplo, avançadas ajudas à condução.

 

A Volvo V90 Cross Country irá completar a gama de automóveis da Série 90 e será produzida na fábrica de Torslanda, na Suécia. Este modelo reflete a herança da Volvo, especialmente nesta linha de modelos Cross Country, cuja primeira versão surgiu há 20 anos atrás, e rapidamente se tornou num sinónimo de robustez e flexibilidade.

Publicado por afjunior às 22:43
26-10-2016

 

 

A SIVA, importadora da Audi em Portugal, lançou no nosso mercado o novo Q2, modelo com que a marca pretende faze carreira "premium" num segmento de mercado em crescimento e no qual se destacam concorrentes como o Renault Captur, o Peugeot 2008, ou o Mazda CX3.

 

A Audi define o Q2 como “um SUV compacto do tipo urbano para uma condução diária e para os tempos de lazer, aliando um design progressivo a um elevado nível de funcionalidade”. O novo modelo tem disponíveis sistemas de conectividade, infotainment e assistência à condução que normalmente se encontram nos segmentos superiores.

 

Na fase de lançamento em Portugal é oferecido com o motor 1.6 TDI de 116 cavalos, com três níveis de equipamento: Base (29 990 euros), Sport (32 090 euros) e Design (32 090 euros).

 

Num primeiro olhar, o Q2 destaca-se pelos numerosos vértices e linhas bem vincadas, com largos contornos e estilo angular. O tejadilho é descendente e une-se com os pilares C em cor de contraste acentuando assim o caráter desportivo. A baixa zona vidrada transmite ao veículo o ar de um coupé e uma postura mais baixa na estrada. Na frente, destaque para os faróis em forma de cunha, para a elevada posição da grelha Singleframe de desenho octogonal e para as generosas entradas de ar.

 

O Audi Q2 apresenta um comprimento de 4,19 metros, uma largura de 1,79 metros, uma altura de 1,51 metros e uma distância entre eixos de 2,60 metros. Com base na plataforma MQB e o conceito de construção leve o peso do conjunto é de apenas 1 205 kg.

 

 

Publicado por afjunior às 18:31
25-10-2016

 

 

A Renault Cacia foi distinguida como a melhor fábrica da Aliança Renault-Nissan na produção de caixas de velocidades. Qualidade/Prazo e Performance Global foram os critérios que estiveram na base de mais esta distinção. Recorde-se que, há uns meses, foi o Grupo Renault que atribuiu reconhecimento idêntico.

 

A Renault Cacia é uma das maiores exportadoras nacionais, fornecendo componentes para muitos Renault e Nissan vendidos no mundo. Em 2015, o volume de negócios foi de 280,6 milhões de euros (um crescimento de 7% face ao ano anterior), com a totalidade desse valor destinada a exportação. A unidade emprega mais de 1 000 colaboradores.

 

Com mais de 70% do volume de negócios da fábrica a dizer respeito à produção de caixas de velocidades e seus componentes, são muitos os modelos da Renault e da Nissan que circulam, em todo o mundo, com produção nacional. No entanto, a unidade também produz diversos componentes para motores a gasolina, bombas de óleo (do qual é o maior fornecedor de todo o Grupo Renault), árvores de equilibragem e outros componentes.

Publicado por afjunior às 22:08

PUB
A TODO O GÁS
ARQUIVO MENSAL
PUB
ARQUIVO DO BLOGUE
TAGS
FALE COM O AUTOR

Controlinveste Conteúdos, S.A. Todos os direitos reservados.